terça-feira, 23 de dezembro de 2008

ÓDIO AO PAPA!

O papa defendeu ontem a idéia de que a homossexualidade levaria o ser humano à auto-destruição. Comparou a idéia de salvar as pessoas do comportamento homossexual à salvação das florestas tropicais.
Isso é para mim espalhar o ódio. Animar as pessoas a tentar "salvar homossexuais" é praticar a intolerância. Seguindo a doutrina básica das grandes religiões - à exce
ção do budismo - o papa retrocede, como sempre, ao cultivar a desconfiança, o medo, o ódio, a vontade de eliminar o outro por ser diferente. Mas quem semeia o ódio não colhe outra coisa, apenas ódio.
Existem duas coisas que me impressionam na Fran
ça: uma é a inscrição "Liberdade Igualdade Fraternidade" nas fachadas dos edifícios públicos. A outra é o conjunto de estátuas de santos e nobres decapitadas ou completamente destruídas em igrejas por todo o país. Pode ser que eu olhe demais para coisas antigas, mas em poucas ocasiões é possível ter a sensação tão evidentemente positiva frente a um testemunho histórico.
É cada vez mais premente a necessidade de um novo Stonewall, ainda que, infelizmente, a sua realiza
ção pareça cada vez menos provável.

Nenhum comentário :