sábado, 31 de janeiro de 2009

do samba na tv ao fim do verao......

Observar as vinhetas da Rede Globo que ilustram os sambas-enredo do carnaval carioca com pessoas vestidas com as fantasias permite-me ter uma noção de alteridade de uma clareza tal que não seria diferente se elas mostrassem música de gaúchos em seus bombachos ou de peruanos em suas roupas de padrões coloridos. Isto e aquilo é o Outro. Pelo menos para quem nasceu em Salvador e tinha mais ou menos vinte anos quando no carnaval só ia sair da rua quando o Ilê passasse.


Não sei porquê a rede globo de televisão ainda acredita que o carnaval do Rio ou sambas-enredo são apreciados dentro do Brasil para fora do território fluminense. Penso que um turista alemão ou francês assistindo ao desfile no sambódromo terá como diferença em relação a um baiano que ao seu lado tente acompanhar a música e o espetáculo apenas a dificuldade da língua. E o rebolado. Pior ainda, este ano, vi um vinheta que tenta unir a ideia de globalização ao nome rede globo através de um sambinha bem carioca.... mais equivocado não poderia ser.


Mas passando ao samba de verdade – não o da televisão – estive, outra vez, há mais de uma semana no Circo e no ensaio de Mariene de Castro. O Circo foi bem decepcionante, parecia que eles queriam desdizer tudo que escrevi antes do verão do samba (rolou axé, forró, e pouco samba). Já na festa de Mariene de Castro o som melhorou muito. Foi novamente muito divertido. Pena que ontem não teve...


E o verão já foi embora.

Um comentário :

Joniel disse...

Dear drmukti,

parabéns pelo blog. Já o inclui na minha lista do bloglines - já sou leitor assíduo.

Um abraço,

Joniel