domingo, 11 de outubro de 2009

na tv domingo pela manha

como quem não quer nada, liguei a tv e dei uma olhada geral nos canais, parei num anúncio de um condomínio feito por uma mulher de voz rouca. Não é preciso comentar a edificação a que ela se referia, mas o texto era interessante: "o condomínio está localizado próximo às necessidades básicas da família, como escolas, áreas de lazer, shoppings, etc" Este modo arquitetônico de anulação do uso da rua na cidade de repente se tornou uma necessidade da família soteropolitana!
Na sequência, em vídeo gravado em dia de menor rouquidão, a mesma apresentadora falava maravilhas de um outro empreendimento, cuja perspectiva demonstrava semelhanças indiscutíveis com os já demolidos complexo penitenciário do Carandiru, em Sao Paulo, e o conjunto Pruit-Igoe, em Saint Louis, nos Estados Unidos. É tudo tão redondo, certinho, tão conectado, que não pode ser coincidência: estamos celebrando o enterro de uma cidade.

Nenhum comentário :