terça-feira, 22 de dezembro de 2009

arquitetura e crítica

Terminei de ler anteontem o livro de Montaner homônimo desta postagem. A primeira parte, do panorama histórico da formacao da disciplina da crítica de arquitetura, pode mesmo ser considerada útil. Mas a segunda parte, dedicada ao século XX e ao momento contemporâneo, é muito estranha: primeiro, suas redacao e estrutura sao tao diferentes daquelas da primeira parte e tao confusas (com datas e texto apresentados em um vai e vem histórico, digamos assim, inusitado) que se torna difícil reconhecer um autor.
Ao fim do livro, o leitor tem a certeza de que, quanto mais contemporâneo for o assunto tratado, mais o livro se conforma em dar conta apenas daquilo que foi recebido no espaco cultural das línguas românicas: é um livro sobre limites da leitura. Muito limitado.

Nenhum comentário :