segunda-feira, 2 de agosto de 2010

hair tatoo ou histórias de bicicleta

Já estava tudo fechado em Spittal an der Drau, no primeiro dia da viagem, passeando pela cidade só restava ver vitrine (a escola técnica de arquitetura era, além do bipa, a única porta aberta, e lá havia uma exposicao muito boa com os trabalhos dos estudantes). Pois bem, na vittrine de um salao de beleza eles anunciavam o hair tatoo, com várias fotos: sao padroes tipo oncinha ou cauda de pavao, mas que podem ter cores diferentes, que sao aplicados assim em uma mecha do cabelo. Hilariantemente deprimente, o supra sumo da breguice. De alguma maneira, pelas pessoas na rua ali, esta oferta do salao fazia sentido, alinhava-se com uma certa tendência local em cortes e cores de cabelo. E agora há pouco passou na tv uma alema com hair tatoo, fiquei com medo. Tomara que isso nao chegue na Bahia.

Nenhum comentário :