sábado, 14 de agosto de 2010

o pátio sem árvores

Um temporal passou por Viena ontem à noite, inundou a cidade, fez parar o sistema público de transporte, fechou o aeroporto e levou a árvore do pátio. Hoje pela manha os bombeiros estavam removendo-a. Faz alguns anos um outro temporal já havia levado a outra árvore, que era menor e nao tao bonita, mas que já deixara um vazio considerável.
Mas a perda desta que sucumbiu ontem à noite é ainda maior: com suas flores lilases em forma de sinos, ela havia sido plantada quando do nascimento do dono da casa - que faleceu há alguns anos - e isso amplia o vazio espacial que o pátio agora deve ter. As casas vizinhas devem estar estranhamente mais próximas. Os pássaros nao vao mais passar por ali. E nao há tempo para que outra árvore chegue até o terceiro andar. A falta que faz já é enorme.

Nenhum comentário :