terça-feira, 16 de novembro de 2010

final de primavera

De novo habitam sem as mínimas condiçoes vários sem-teto a calçada ao redor das áreas arborizadas, fios e cabos e as ruas continuam aniquilando a arquitetura ao seu redor (em um dos poucos espaços onde poderia haver desfrute de arquitetura), mas quem passa estes dias pela praça da piedade, tentando abstrair isso tudo, pode ter um grande prazer em ver as árvores completamente cobertas de flores. É por pouco tempo.

Nenhum comentário :