quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

ditado bosníaco ou uma versão europeia de um ditado baiano

Esta semana finalmente encontrei com Mladen, o amigo da TU da época que estudei aqui em Viena. Mladen é professor no instituto de tecnologia e construção na faculdade de arquitetura e comentando com ele sobre a palestra do Mr. Big em Munique, ele falou que todo este mundo das estrelas da arquitetura se explica através de um ditado bosníaco, que diz o seguinte:
Um pai, veterano ladrão de cofres de bancos, leva o filho pela primeira vez para acompanhá-lo em seu ganha-pão. Como é a sua primeira vez, o filho está muito nervoso, tem muito medo da polícia, sua frio, olha para todos os lados, e não consegue se concentrar direito para aprender o ofício. O treinamento se repete por mais algumas vezes, e o nervosismo do filho sequer diminui. Um tanto irritado, lá pela quinta ou sexta vez em que o filho o acompanha, o pai lhe diz seriamente: "olha, não procure atrapalhar as coisas, nós fazemos aqui o nosso trabalho, e a polícia faz lá o trabalho dela!"
De minha avó, que conhece muitos provérbios, ditados e expressoes, já ouvi repetidas vezes uma variação mais econômica e bem brasileira da mesma ideia do provérbio bosníaco: "eles são brancos, eles que se entendam."

Nenhum comentário :