quarta-feira, 2 de novembro de 2011

o arcebispo na TV, uma surpresa interessante

Acordei para variar cedo demais - eram extamente as 7 horas da manhã de um feriado - e fiz algo que normalmente não faço para poder guardar algum bom humor e serenidade e não ser confrontado com altas doses de estupidez: liguei a TV no momento de um telejornal local.
Naquele instante, os apresentadores anunciavam que iriam entrevistar o arcebispo de Salvador sobre o dia de finados. Foi uma sorte ter sido lerdo o suficiente para não desligar a TV de imediato. Eu confesso que nem sabia que Murilo Krieger era o arcebispo de Salvador, mas já o seu jeito de sentar associado ao tom de voz amigável e nada teatral já deixaram uma boa imagem no vídeo.
Mas o que realmente me impressionou foi vê-lo apelar para que as pessoas vivam intensamente o presente sem se preocuparem nem com o passado nem com o futuro. Acho que nunca ouvi nada tão simpático e animador vindo de um arcebispo nesta cidade; D. Krieger deixou uma ótima impressão ao reverter tão tranquila e soberanamente o foco da tristeza do dia em direção a um apelo leve e jovial pela vida no presente. Gostei da entrevista.

Nenhum comentário :