segunda-feira, 13 de maio de 2013

a importância da educação, por ezra koenig

Spex publicou na sua edição de abril a entrevista com o líder do Vampire Weekend, por ocasião do lançamento do seu último ábum. Após responder uma pergunta sobre origem social e pertencimento a uma determinada classe, Ezra Koenig é questionado sobre como ele vê o fato de os temas da música pop atualmente girarem em torno dos problemas que impedem as pessoas de levarem uma vida boa.
Ele responde:
"Se a música deve se comunicar com a vida real, então ela deve ter uma sensibilidade para perceber o que realmente toca as pessoas. Fosse a nossa música tão elitista e intelectual como dizem os que nos criticam, o número de fãs da banda seria muito menor. Eu simplesmente não posso aceitar a ideia de que educação seja  algo elitista. Eu fui ensinado de pequeno que qualquer pessoa pode se beneficiar da formação intelectual. Só porque poucas pessoas conseguem ter acesso a educação nos EUA, não quer dizer que educação seja um mal em si. Pode-se até discutir se possuir um Iate ou um Rolex é algo ruim. Mas educação nunca pode ser ruim."
Li isso e pensei a que ponto chegamos: a família se esforça para dar educação aos filhos e estes já são acusados de serem elitistas. Pensei ainda como o Brasil se aproximou muito, em vários aspectos, aos Estados Unidos nos últimos anos, mas não havia percebido que isso também nos aproximava do país governado por Obama. Achava que isso acontecia somente no Brasil.

Nenhum comentário :